Marcadores da tiróide-T3 total e T3 livre

T3 e T3 livre

            A triiodotironina (T3) é a segunda hormona tiroideia e resulta essencialmente da desiodação da T4 ao nível dos tecidos periféricos (fígado, rins, músculos, cérebro) por uma monodesiodase. A T3 tem uma maior actividade metabólica intrínseca, rápida taxa de síntese e degradação e maior volume de distribuição que o T4.

 O doseamento do T3 torna-se importante na monitorização de doentes com hipotiroidismo sob terapia com liotironina sódica.

A T3 está ligada a proteínas portadoras, essencialmente a thyroxin binding globulin (TBG). Os factores que modificam a ligação de T3 à proteína são os que influenciam a ligação de T4, estando assim sujeitas às mesmas causas de erro. Assim é preferível fazer o doseamento da T3 livre.

A T3 livre é por vezes a única hormona tiroideia elevada nalguns hipertiroidismos. Em certos casos este aumento da T3 livre está acompanhado de uma diminuição da TSH. Alguns adenomas tóxicos secretam preferencialmente a T3, a T4 livre está normal, a TSH diminuída. 

  1. Formulario de Decisão
 

cforms contact form by delicious:days

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

CommentLuv badge